Biometria atrai interesse de hospitais e planos de saúde

Até 2024, expectativa é que nicho tecnológico atinja a marca de US $ 2,7 bilhões em investimentos

No dia de consulta médica, provavelmente, ao chegar na clínica você vai retirar uma senha, aguardará o número aparecer no painel para abrir a ficha e vai esperar mais alguns minutos até o médico chamar seu nome para finalmente obter um diagnóstico. Todo esse processo, demanda tempo e dinheiro para pagar funcionários e oferecer um ambiente agradável aos pacientes na recepção. A biometria de voz é a chave para economizar, reduzir a “papelada”, e tornar o atendimento mais ágil e seguro.

A proposta já vem sendo adotada por alguns hospitais e operadoras de saúde no Brasil, surtindo resultados muito positivos.

A implementação da biometria ocorre no momento de confirmação do cadastro do beneficiário, feita por meio de carteirinha e, posteriormente, assinatura de papéis que são encaminhados ao setor de faturamento do plano de saúde. O mecanismo é frágil e pode ser burlado por fraudadores sem muito esforço. Por isso, algumas instituições já aproveitam a visita dos clientes para cadastrarem a biometria digital, de íris ou voz que substituem a tradicional assinatura, tornando o momento da identificação totalmente confiável.

O recurso também pode ser usado para confirmação de consultas e exames. No lugar da recepcionista, o paciente recebe a ligação de uma secretária eletrônica, capaz de reconhecer a voz do cliente e estabelecer um diálogo pré-programado por softwares que liberam perguntas simples dentro do contexto da conversa. No caso de um atendimento agendado com profissional da saúde, seria algo como: “Olá! Falo com Paulo? Sou do Hospital Inovação na Saúde, meu contato é para confirmar sua consulta amanhã, às 10 horas da manhã, com o cardiologista. Responda ‘sim’ se irá comparecer”.    

Biometria: captação de voz e mercado

O mercado global espera lucrar muito com a biometria de voz. Até o ano de 2024, a expectativa é atingir o retorno de US $ 2,7 bilhões.

O segmento tem grande especulação de crescimento por ser altamente seguro. Diferente de outros meios, é único e mais forte quanto a tentativas de phishing e representação (fraudes presenciais).

O reconhecimento de voz ocorre do seguinte modo: um software capta a voz através de um microfone, combinando padrões diferentes de timbre do falante, formulando uma espécie de “identidade vocal”. A confirmação de acesso da pessoa pode ser feita apenas por som ou combinando a voz com frases ou palavras, funcionando como uma senha. O software compara a voz do indivíduo com falas gravadas anteriormente e, caso os dois padrões se combinem, o processo de identificação é validado.

Modernize seu atendimento!

A TechMag disponibiliza os recursos tecnológicos que sua empresa precisa em um só canal. Clique aqui para entrar em contato com nossos consultores e agendar um atendimento. Nossos especialistas em biometria vão ter o prazer de ouvir e indicar quais produtos preenchem suas necessidades.

Conheça a linha de leitores, módulos e softwares exclusivos da TechMag em   https://techmag.com.br/produtos-e-solucoes-techmag/.

Sobre a TechMag

A TechMag é uma empresa de capital nacional, líder no mercado de equipamentos para identificação. Seu know-how apresenta mais de 20 anos de atuação no mercado. A fabricação dos produtos é local e o seu diferencial está no fato de agregar produto e aplicativo na solução proposta.

2000+ people have put their trust in CCTV, How about you?